sábado, 26 de novembro de 2016

Estrelas Além do Tempo e moonlight: Sob a Luz do Luar ( Recomendo)

Uma adaptação do livro Hidden  Figures, de Margot Lee Shetterly. A história de Três cientistas que trabalham na Nasa.
ESTRELAS ALÉM DO TEMPO  (Hidden Figures), Um filme dirigido por THEODORE MELFI é a história de três cientistas  Afro-Americanas que trabalham na Nasa. O filme é estrelado por  Katherine G. Johnson ( Taraji p. Hensen) Dorothy Vaghan (Octavia Spencer) e Maria Jackson
(janelle  Monáe ) o trio que serviu como cérebro por trás de  uma  das maiores operações da história: o lançamento em órbita do astronauta JOHN GLENN, um feito impressionante que restaurou a confiança da  nação, virou a corrida espacial, e galvanizou o mundo. O trio visionário cruzou todas as linhas de gênero e raça para inspirar gerações a sonhar grande. (o sonho americano e a história não contada das mulheres negras, cientistas  matemáticas que ajudou a ganhar a corrida espacial).
trabalha na Nasa
ESTRELAS ALÉM DO TEMPO  (Hidden Figures), Um filme dirigido por THEODORE MELFI é a história de três cientistas  Afro-Americanas que trabalham na Nasa. O filme é estrelado por  Katherine G. Johnson ( Taraji p. Hensen) Dorothy Vaghan (Octavia Spencer) e Maria Jackson
O tão esperado filme também conta com a participação de Kevin Costner, Kirsten Dunst, Jim Parsons entre outros.
O lançamento nos Estados unidos está previsto para 7 de janeiro de 2017, e no Brasil 23 de fevereiro.








Fonte; http://margotleeshetterly.com/hidden-figures-nasas-african-american-computers/


Janelle Monáe, Cantora,compositora, bailarina e atriz note-americana, Nascida em 1 de dezembro de 1985 no Kansas EUA.Também muito conhecida pela pela elegância, em especial o topete que ela gosta tanto de usar que  já foi até  apelidado  com o seu nome.
Nem precisa falar do talento  como cantora, compositora, bailarina  e agora atriz. Ela é maravilhosa! Esse já é o seu segundo filme.

Também é ela quem  canta a música What is love do filme RIO 2

*******************************

                   
MOONLIGTH ( Luar), é um filme dirigido por Barry Jenkins
Escritores: Barry Jenkins, Tarell McCraney
Estrelas: Mahershala Ali, Shariff Earp, Duan Sanderson, Janelle Monráe, e outros

Roteiro; É a história de Chiron um jovem negro  na Miami de 1980 lidando com questões sobre sua sexualidade as pessoas que transitam por sua vida. Mostra como ele se esforça para encontrar seu lugar no mundo enquanto cresce em um bairro violento de Miami.
Foi bastante aclamado pela crítica e já vencedor de vários prêmios.
Esse promete! To ansiosa  pra ver.

Estreou Em 18 de novembro em EUA.
França 1 de fevereiro de 2017
Brasil 23 de fevereiro de 2017


Moonlight; Sob a Luz do luar
 


Vejam o trailer!


                ***

             
Octavia Leonora Spenceré uma atriz norte-americana, nascida em 25 de maio de 1970, em Montgomery, Alabama EUA. Estreou no cinema em 1996, no filme Tempo de Matar, e dai em diante não parou mais , participou de vários filmes, mas o que lhe rendeu  um Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante Secundária, foi Histórias Cruzadas de 2011, que lhe agraciou com várias premiações.
vejam alguns filmes em que atuou: A Série Divergente (2015, 2016), Preto e Branco (2014), The free world (2016), Sete Vidas(2008), o Solista (2009), James Brown (2014) entre outros.

Segurando o seu merecido Oscar

                   ***


Taraji p.  Henson, Atriz norte-americana nascida em 11 de setembro de 1970 em Washington D C, EUA..Conhecida por várois filmes um deles é O Caso De Benjamin Button (2009), no qual foi indicada ao Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante Secundaria, A Série Empire desde 2015, O Intruso(2014), I Can Do Bad All By Myself (2009), Karate Kid (2010), Pense Como Eles (2012), Ponto De Decisão (2009),Tiffani Rubin: Uma História De  Amor E Esperança (2011)entre outros.




Taraji P. Henson


Vejam o trailer oficial de Estrelas Além Do Tempo


fonte:http://www.dailymail.co.uk/tvsh

quarta-feira, 23 de novembro de 2016

É possível Ser Feliz Fora Dos Padrões?

Olá amigos, quero compartilhar com vocês este texto maravilhoso, que nos leva a refletir sobre questões muito importantes  para as nossas vidas, seja qual a classe social, credo, ou raça. Vivemos em sociedade e temos que seguir as regras impostas pela mesma.
E assim agente vai levando.


Este filme Um Sonho Possível, é maravilhoso!! é uma história real, e uma situação incumum. É muito bom, pra quem ainda não assistiu, eu  recomendo!


Resultado de imagem para um sonho possível
uma cena do filme Um Sonho Possível -2009
   
        
É possível ser feliz fora dos padrões? Felicidade não oficial também é felicidade? Felicidade pessoal que não é reconhecida como felicidade pelos outros continua nos fazendo feliz? Talvez, se quisesse um mergulho mais profundo, deveria perguntar: Existe felicidade? Ou o que existe são momentos incríveis e passageiros que nos fazem ter coragem para enfrentar os momentos maus e tristes?
O conceito de felicidade já é bastante fugidio, pois não está exclusivamente relacionado a motivos objetivos. Muitas vezes, ingenuamente , achamos que somos felizes quando conseguimos o que queremos ou imaginamos querer. Obviamente , realizar desejos é delicioso, mas por outro lado, as estatísticas mostram que nem sempre aqueles que cumpriram mais metas e conquistaram mais feitos são os mais felizes.
A felicidade é um estado de espírito altamente frágil e complexo, que pode ser despertado por grandes realizações ou simplesmente por uma pequena motivação. Às vezes, nos sentimos felizes sem saber exatamente o porquê.
Em outros casos, objetivamente falando, tudo está perfeito, mas sentimos que falta algo, um toque de emoção, um sentido mais profundo para aquilo que vivenciamos. E a não detecção da nossa insatisfação pode se reverter em mais uma razão para se sentir infeliz. Quando temos tudo para ser feliz, na opinião da sociedade, e não nos sentimos, pode surgir um incômodo sentimento de culpa.
Mas voltando à pergunta inicial: É possível ser feliz fora dos padrões? É possível ser feliz quando a gente se diverte e se realiza e se sente bem, mas para os olhos da sociedade a gente fracassou? É possível ser feliz quando a gente não fez a lição de casa para brincar no pátio da escola?
É possível ser feliz quando a gente não vive uma vida de status social, quando a nossa felicidade não incomoda nem desperta inveja nos outros? Quando a nossa felicidade não tem glamour? Quando a nossa felicidade não nos faz ascender na escala social? Quando a nossa felicidade tem gosto de pastel de feira com caldo de cana?
É possível ser feliz sem os aplausos alheios? É possível ser feliz quando aqueles que nos cercam consideram nossas realizações pequenas e desimportantes? Quando não fazemos aquilo que esperam de nós, de alguém da nossa etnia, da nossa faixa etária , da nossa classe social?
É possível ser feliz mesmo quando as pessoas que mais amamos olham para a nossa felicidade com condescendência, como olhamos para aqueles que julgamos vítimas? Enfim, é possível ser feliz fora daquele esquema básico de casamento convencional com dois filhos ( de preferência um menino e uma menina) emprego em multinacional, conta bancária gorducha e corpo magérrimo? É possível ser feliz sem casa própria em bairro de luxo, carro do ano e o último modelo do smartphone?
É possível ser feliz sem viajar nas férias para os locais da moda, sem possuir uma profissão valorizada pela sociedade? É possível ser feliz quando o nosso estilo de vida não serve de paradigma para ninguém?
Minhas perguntas são retóricas. Creio que cabe a cada um respondê-las na intimidade do próprio coração.

Texto de Silvia Marques

Postagem em destaque

25 Atrizes negras internacionais que você deve conhecer

Elas estão nos filmes premiados do cinema e nas séries de TV fazendo os mais variados papeis, mas ainda sim, não sabemos os seus nomes. C...